por Redação

Ela já foi uma estrela do tecnobrega dentro de roupas justas, uma caminhoneira de vaquejada, uma dona de casa maconheira e tantas outras mulheres que a fizeram aprender sobre si mesma

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL: youtube.com/trip

"O bom ator não pode julgar", diz Maeve Jinkings. No papo com o Trip TV, ela conta que abre seu corpo para viver as subjetividades de suas personagens, muitas vezes confrontando seus próprios preconceitos: "é a maior terapia que eu poderia fazer".

Ela já foi uma estrela do tecnobrega dentro de roupas justas, uma caminhoneira de vaquejada, uma dona de casa maconheira e tantas outras mulheres que a fizeram aprender sobre si mesma. 

ASSISTA:

play

matérias relacionadas