por Filipe Luna
Tpm #152

A moda das selfies dá um giro de 180 graus: as bundas são as estrelas nas belfies

Em julho de 2012, a usuária do Instagram (na época) @buchikk inaugurou um novo capítulo no universo do autorretrato. Num gesto, de costas para o espelho, ao tentar exibir a estampa da sua camiseta, colocou à mostra o traseiro e cravou a hashtag que se tornaria o paradigma de uma nova estética: #buttselfie, ou seja: selfie da bunda. Mas não adianta correr no Instagram, hoje, o perfil está desativado. 

Não foi exatamente um evento capaz de alterar a linha evolutiva da história fotográfica (embora haja controvérsias), mas é o primeiro registro do uso do termo na popular rede social. Foi preciso, no entanto, uma outra bunda para fazer a internet quebrar e colocar a belfie, contração de "butt selfie", definitivamente em nosso imaginário. Em outubro de 2013, a socialite e empresária Kim Kardashian exibiu o bumbum num minúsculo maiô branco. Kim é dona de medidas que desafiam o padrão norte-americano e magnetizam os olhares, mas não é o maior ícone do gênero. A "rainha da belfie" é a modelo norte-americana Jen Selters, que quase diariamente exibe esse lado da sua personalidade na sua conta do Instagram. A bunda garantiu sua fama: ela tem mais de 5 milhões de seguidores nesta rede social.

Recentemente, para facilitar esta forma de arte e estilo de vida, uma empresa criou o "pau de belfie", uma variante do já icônico "pau de selfie". O primeiro estoque do produto já se esgotou, mas os fabricantes garantem mais unidades para 2015. Dá pra encomendar pelo site belfiestick.com e cada um sai por 79,99 dólares (cerca de 230 reais), preço bem próximo do "pau de selfie" oficial, vendido no Brasil por 249 reais (mas, claro, é possível comprar modelos genéricos por cerca de 30 reais). 

Vai lá: belfiestick.com

matérias relacionadas