por Letrux

Cantora se inspirou no próprio disco, ”Em noite de climão”, para nos contar como seria a noite de climão de cada signo

O álbum Em Noite de Climão, da cantora Letrux, sugere um clima pesado no título e, na verdade, entrega músicas com uma levada quase malemolente. E isso, a essa altura, você já sabe. O que o disco não entrega é que a cantora e compositora Letícia Novaes, a Letrux, entende (e muito) de astrologia. "Minha mãe é pisciana e, como toda pisciana, positiva, bastante mística e espiritualizada. Ela me levou ao primeiro astrólogo e me guiou nesse aprendizado", conta.

LEIA TAMBÉM: Susan Miller, a astróloga mais pop do mundo antecipa o que nos aguarda nos próximos anos

A cantora, capricorniana, se encantou pela astrologia e, mesmo sem se tornar uma especialista, segue estudando a fundo o tema. A convite da Tpm, Letrux se inspirou no próprio disco e conta como seria a noite de climão de cada signo, a partir das características mais marcantes do zodíaco.

Áries

É uma festa formal e a pessoa ariana chega atrasada, vestindo roupas inapropriadas para a estação e para o ambiente. Ela fala por cima dos outros e, enquanto fala, sente que precisa tocar as pessoas. Os donos da casa resolvem falar mal da pessoa ariana, que ouve sem querer, claro, pois estava entrando na casa para dar uma olhadinha nos quartos sem a permissão de ninguém.

Touro

Sem cortina e sem ventilador, a pessoa taurina se apaixona, mas sabe que antes precisa passar em uma loja e possuir os objetos que colaboram com o clima do ambiente. Mais à noite, já tendo sofrido para instalar a cortina e o ventilador (pois dispensou o manual), a pessoa taurina inventa de fazer um peixe pela primeira vez na vida (sem ler tutorial). A campainha toca. É a paixão. O peixe está podre.

Gêmeos

No caixa do supermercado, a pessoa geminiana observa que a moça do caixa tem tique nervoso e teme pegar seu tique. Resolve trocar de fila, mas as outras estão mais cheias ainda e falta tão pouco para sua vez… A moça do caixa treme o pescoço e funga quando treme. A pessoa geminiana está com dois vinhos, leite, queijo e abacate nas mãos — sem cestinha. Quando dá a primeira fungada, resolve sair da fila. Com um dos vinhos, claro.

Câncer

É réveillon e a pessoa canceriana está em outro país quando encontra pessoas queridas, que nunca foram exatamente amores, apenas pessoas queridas que não sabem que não são amores e se julgam amores. Mas a pessoa canceriana sabe que são apenas queridas. Queridonas, vai. Mas amores, amoooores, não é o caso. Lá pelas tantas, as pessoas queridas fazem um post derretendo amor pela pessoa canceriana, que derrete junto e coloca as duas no rol das amadas. Dia 1 de janeiro, é sabido que elas falaram mal da pessoa canceriana, que se culpa muito por ter elevado o status da amizade.

Leão

A pessoa leonina acorda tarde e abre a câmera do celular. Pela fresta da janela aberta, entra uma luz que fica bonita quando bate no olho. Ela registra. Resolve mandar para uma possível paquera. Vê outro nome, de outra paquera, e manda também. Acaba mandando para quatro pessoas diferentes, mas apenas uma responde. A pessoa leonina erra o nome de quem respondeu.

Virgem

Uma papelaria faz uma promoção bem sensacional. As canetas mais caras do mundo estão com 50% de desconto. A pessoa virginiana resolve levar 40, mas só em pensamento, pois na cestinha estão apenas três. Depois de passar horas analisando e testando folhas, adesivos, grampeadores e grafites, é anunciado o fim da promoção. A pessoa virginiana aceita e devolve as três canetinhas no lugar original.

Libra

A pessoa libriana recebe a ligação de um ex-amor. É um convite para jantar. Ela aceita, mas depois diz que é melhor que não se vejam. Faltando dez minutos para o encontro, a pessoa libriana volta atrás. Um convite de ex-amor não é algo que se recuse. Eles chegam no restaurante, que não é um velho conhecido da relação, apenas do ex-amor, e a pessoa libriana está crente que vai rolar um pedido de volta e um risoto de camarão. Três garçons oferecem pizzas de sabores variados, em um rodízio barulhento. O ex-amor diz: "Não tenho mais como cuidar da nossa gata, prefiro que ela fique só com você, tranquilo?"

Escorpião

A pessoa escorpiana descobre por fotos no Instagram de sei lá quem, que o mar está caribenho. Ela manda mensagem para uma paquera, convidando para um mergulho. A paquera aceita, pois também está sabendo do mar caribenho. Elas mergulham nas águas calmas. Pessoa escorpiana diz seu primeiro eu te amo para a paquera, mas, na mesma hora, uma correnteza silenciosa surge do nada e a arrasta. Pessoa escorpiana a salva e, já na areia, pensa: que linda história para contar aos nossos netos. Paquera diz: "Isso aqui não deve se estender não, foi mal".

Sagitário

A cidade está cheia de gringos e a pessoa sagitariana está sentada em um bar, que já avisou que vai fechar algumas vezes. Inimiga do fim, ela pede só mais uma. Não lembra do por favor nessa hora, tamanha alucinação. Um desconhecido de outro país quer um isqueiro e se aproxima dizendo: "fogo?". A pessoa sagitariana ri e grita alto pela rua "FLAMENGOOOO!". Esquece de pagar a conta. No dia seguinte, como se nada tivesse acontecido, senta no mesmo bar e pede só uma cervejinha. Na hora da conta, R$ 127.

Capricórnio

É carnaval e acordar às 6h da manhã para colocar produtos químicos na cara e no organismo parece bem natural. A pessoa capricorniana acabou um namoro em janeiro. Está sofrendo, mas não consegue chorar na frente dos amigos. Ela resolve encarar a folia para ver se passa. Na terça-feira, já com amigdalite, raiva, joelhos ralados, demência e possível dengue, encontra o terapeuta alucinado no meio do bloco. Em vez de ir para a casa, resolve puxar papo, pois lhe parece rude fingir que não viu. Nunca mais pulou carnaval. Tampouco voltou para a terapia.

Aquário

Uma taróloga disse que a pessoa aquariana se apaixonaria muito em breve. Não disse onde, nem por quem, apenas em breve. Desde então, ela olha para qualquer um na rua e passa mal de rir se visualizando com gente estranha. À noite, transa com uma nova paquera, nada demais. Acorda e, depois de passar uma hora procurando o celular, lembra que tem batizado da sobrinha. Se arruma como dá e, chegando na igreja, o raio cai: o padre é um gato! Ave maria, já era.

Peixes

Saindo de um banco, a pessoa pisciana é abordada por uma moça com bebê de colo, que lhe pede ajuda. A pessoa pisciana só tirou notas de R$ 50 ou R$ 100 e acaba não dando. À noite, não consegue dormir pensando na mãe com o bebê. No dia seguinte, resolve mudar sua vida e o mundo: prepara uma mala com fraldas, roupas e comida para doação e vai ao banco arrastando a mala que ficou pesada. Entrega para a moça que está na porta do banco. Quando está quase chegando em casa, vê a mãe com o bebê na outra calçada. Deu para a moça errada. Nunca mais dormiu bem.

Créditos

Imagem principal: Manuela Eichner

Colagens por Manuela Eichner

matérias relacionadas