Fundadora da Comunidade Zen Budista do Brasil

Cláudia Batista de Souza foi ordenada monja em 1983 depois de iniciar seus estudos budistas no Zen Center of Los Angeles. Chamada de Monja Coen, foi a primeira mulher de origem não japonesa a presidir a Federação das Seitas Budistas do Brasil, em 1997. Três anos depois fundou a Comunidade Zen Budista, em São Paulo. Aos 63 anos, Monja Coen promove a Caminhada Zen, em parques públicos, para divulgar a criação de culturas de paz, justiça, cura da Terra e dos seres vivos. Espelha-se na frase de Mahatma Gandhi: “Temos que ser a transformação que queremos no mundo”.

Patrocínio

Copatrocínio

Apoio

Comunicação