por Cleiton Campos

Documento seria apresentado em conferencia no fim do mês, mas foi vazado pelo empresário e ativista Richard Branson

O bilionário Richard Branson, fundador do Grupo Virgin, divulgou nesta semana em sua conta do Twitter que a ONU se prepara para formalizar um pedido mundial para descriminalizar o uso e porte de todas as drogas. O empresário é também um ativista pró-legalização e membro da Comissão Global para a Política sobre Drogas, mesma instituição na qual militar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

O documento vazado ainda não é a versão final, mas um rascunho do que deve ser apresentado em uma conferência sobre redução de danos em Kuala Lumpur, Singapura, pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes. Segundo a onu documento ainda deve ser revisado por especialistas.

Branson afirma que decidiu vazar a informação por receio de que a ONU possa ceder a pres6são de governos. Ele afirmou ainda que o relatório já teria sido enviado a veículos de comunicação do mundo inteiro. O documento estaria embargado, com o objetivo de ser publicado simultaneamente pelos veículos.



matérias relacionadas