por Redação

Igualdade racial e política brasileira, devagar devagarinho

 INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL: youtube.com/trip

Um dos principais nomes na história da música brasileira, o sambista e escritor Martinho da Vila relembra a história de resistência do samba e fala sobre a luta contra o racismo e a descrença com a política nacional: "as cotas deviam ter começado pelo executivo"

 

Assista:

play
 

matérias relacionadas