por Redação

Espetáculo revive e reiventa as memórias que ficaram no corpo de ex-secundaristas que pularam muros, fizeram barricas e ocuparam escolas

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL: youtube.com/trip

Foi no calor das manifestações lideradas por estudantes da rede estadual de São Paulo entre 2015 e 2016 que os integrantes da ColetivA Ocupação se conheceram. Formado por artistas e ex-secundaristas que se conheceram durante as ocupações das escolas, o grupo resgata as memórias que ficaram no corpo de quem pulou muros e fez barricadas, e as transforma em dança no espetáculo "Quando quebra queima", revivendo e reinventando as revoluções coletivas e pessoais que nasceram durante o movimento. Sob a direção de Martha Kiss Perrone, o grupo se apresenta nos dias 23 e 24 de junho no Teatro Oficina.

 

play

matérias relacionadas