por Alexandre Potascheff

Uma das principais cientistas do país, Lygia da Veiga Pereira conta como é fazer ciência no Brasil e fala sobre o avanço da genética e seu impacto na saúde

Lygia da Veiga Pereira é uma das mais importantes cientistas do Brasil. E não só pela excelência do seu trabalho como geneticista, mas também pela facilidade e exímia competência com que transmite as informações técnicas e acadêmicas para o público leigo. Carioca de família intimamente ligada à literatura, ela “deu uma manipulada no seu genoma familiar” e se formou em Física pela PUC do Rio, fez mestrado em Ciências Biológicas pela UFRJ e doutorado em Ciências Biomédicas na Mount Sinai School of Medicine, em Nova Iorque. Ao longo da sua carreira, fez parte do grupo que sequenciou o genoma humano e esteve à frente da equipe que conseguiu – pela primeira vez no Brasil – extrair e multiplicar células-tronco retiradas de embriões congelados. Chefe do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva da USP e autora dos livros Seqüenciaram o Genoma Humana, e Agora? e Clonagem: Fatos e Mitos, Lygia conversa com o Trip FM sobre os avanços da genética e seu impacto na saúde, sobre como é ser cientista (e mulher) no Brasil e alerta: “cuidado com os charlatões da célula-tronco”.

ESCUTE A ENTREVISTA COMPLETA NO PLAY ABAIXO:


SET LIST
Otis Redding —  Hard to Handle
Matthew E. White —  Rock & Roll is Cold
Erasmo Carlos —  Mané João
The Feelies —  On the Roof
Ouça todas as músicas que rolaram no Trip FM em 2018

Créditos

Imagem principal: Fernando Martins

matérias relacionadas