por Carol Ito

Mergulhadora e cineasta, Julie Gauthier dança a 40 metros de profundidade no curta ”Ama”, inspirada pelas japonesas que coletam pérolas no mar, uma prática milenar e quase extinta

Em Ama, Julie Gauthier dança por seis minutos em uma piscina, a 40 metros de profundidade, sem nenhum tipo de equipamento para respirar. Especialista em filmagens embaixo d’água, a francesa de 38 anos é diretora do curta, que foi lançado no início deste ano e foi exibido em festivais de cinema de vários países como Alemanha, Rússia e Bélgica, antes de chegar na íntegra no YouTube. 

play

A palavra “ama” (“mulher do mar”, em japonês) se refere às trabalhadoras que coletam pérolas e conchas, sem equipamentos de mergulho, uma prática milenar (e quase extinta) no Japão. “As amas compartilham valores como apoio mútuo e o amor pelo oceano. Com o filme, queria dividir essa força das mulheres”, explica Julie à Tpm.

A francesa realizou vários mergulhos, com cerca de um minuto e meio de duração cada, para completar a coreografia de seis minutos. A câmera ficou nas mãos do diretor de fotografia Jacques Ballard, que usou cilindro de oxigênio.

LEIA TAMBÉM: Conheça a rotina dos mergulhadores saturados

Julie também é atleta e pratica apneia (mergulho livre) desde seus 18 anos. Já participou de dois campeonatos mundiais da modalidade e se tornou recordista francesa, em 2008, depois de chegar a 62 metros de profundidade. Ela e o marido, Guillaume Néry, bicampeão mundial de apneia e segundo colocado no ranking mundial da AIDA (Associação Internacional para o Desenvolvimento da Apneia), comandam a produtora Les Films Engloutis, que se dedica a filmagens embaixo d’água.

Em 2015, Julie codirigiu o videoclipe de “Runnin’ (Lose it all) do cantor britânico Naughty Boy com participação de Beyoncé, que soma mais de 300 milhões de views no YouTube. A produtora trabalha no filme One breath around the world, dirigido por Guillaume e filmado por Julie, com estreia prevista para janeiro de 2019. 

Créditos

Imagem principal: (C) 2018 SPARK SEEKER / Les Films Engloutis

Fotos: (C) 2018 SPARK SEEKER / Les Films Engloutis

matérias relacionadas