Tpm

por Ana Luiza Leão

Da platéia, uma atriz interage com corpos suspensos, música e luzes na montagem argentina Fuerzabruta

Da platéia, uma atriz – que não faz parte do espetáculo – interage com corpos suspensos, música e luzes na montagem argentina Fuerzabruta

Uma tenda branca com cara de rave ou Skol Beats e um atraso proposital estimulam o público a tomar uma cervejinha nos quiosques montados na área externa do galpão-tenda. A Fuerzabruta chega ativada pela grandiosidade das varas, das luzes, do cenário, dos equipamentos, da energia dos atores. As propostas são muitas vezes simples, mas, na hora de serem realizadas é que entra o grande mérito do trabalho: a equipe, a comunicação entre as pessoas nos bastidores, a tecnologia e a quantidade de equipamento. Admiráveis. As intervenções acontecem em diversos pontos do megaespaço, o que deixa o público (em pé) atento e ativo. Ficar atrás de um cara muito alto pode não ser tão mal, pois a frente inverte-se e, noutro momento, ele pode te servir de guarda-chuva! Os atores mantêm presença e chamam as pessoas olhando diretamente para o público. A Murga – uma dança-música de origem espanhola festejada no Uruguai, em Buenos Aires e em toda a Argentina –  enriquece em coreografia e trilha sonora. Delícia. É um espetáculo-balada. Tudo acontece num grau de energia intenso, o que faz com que as pessoas se contagiem, pulem e gritem junto com os atores. Tem belas cenas de impacto, como uma enorme piscina transparente, que deixa nas pessoas uma sensação prazeirosa e vontade de entrar junto na água. Vale a experiência, peró, pagar R$ 120 e R$ 150 num espetáculo que acontece num espaço que recebe até 1.100 pessoas, com o apoio da lei Rouanet, ou seja, dinheiro público, não é absurdo? Será que não deveriam os preços ser populares? Velha história...

Vai Lá: Parque Villa Lobos, av. Queiroz Filho, sem número, SP, (11) 2846-6000. De terça a sexta, às 21h; sábado, às 18h e às 21h; e domingo, às 17h e às 20h. A partir de R$ 120. Até dia 9 de novembro.


* Ana Luiza Leão, 33, é atriz, amiga da Tpm e irmã da Renata, diretora de redação da revista

matérias relacionadas