Um corre para transformar vidas

Fundadora do projeto Vida Corrida, Neide Santos venceu uma história repleta de dificuldades para se tornar um exemplo de líder comunitária, que já ajudou mais de 4 mil crianças e mulheres do Capão Redondo, periferia de São Paulo, a mudar sua realidade por meio do esporte. “Não tinha dinheiro, nem formação, mas sabia correr. O que tinha para oferecer eram meus pés e meu coração, e assim o fiz”, conta.

O Vida Corrida, que nasceu em 1999 sustentado a duras penas pelo trabalho de Neide como costureira, foi conquistando visibilidade, apoio e, assim, multiplicando sua potência. Graças a sua luta incansável, a via Arroio do Engenho ganhou pista de atletismo, cesta de basquete e quadra de futebol. Além do parque Santo Dias, é ali que as cerca de 320 crianças e jovens do projeto, com idade entre 6 e 16 anos, treinam três vezes por semana auxiliadas por oito professores. “Acredito que posso fazer diferença na vida de alguém", diz Neide. "Não posso mudar o mundo, mas posso mudar a realidade do entorno.”

 

Patrocínio

Copatrocínio

Apoio