por Ricardo Calil
Trip #257

O primeiro ensaio sensual da irmã de Cleo Pires, antes dela estrear sua primeira protagonista na TV

Aos 24 anos, Antonia Morais se prepara para viver sua primeira protagonista na TV, a prostituta Lúcia McCartney. A filha de Gloria Pires e Orlando Morais, irmã de Cleo, vai buscando seu caminho dentro da dinastia de cultura pop em que nasceu e cresceu.

Ninguém é escolhida para encarnar Lúcia McCartney impunemente. Ela é, talvez, o maior personagem feminino de um dos maiores contos de um dos maiores escritores brasileiros contemporâneos. Um(a) puta personagem, daqueles que catapultam ou sabotam carreiras. Como disse Sérgio Sant’Anna, outro craque, “nunca um conto foi tão representativo de uma época e nunca o famigerado duelo forma-conteúdo conheceu equilíbrio semelhante”. E o fato de ser transformado em série pelo filho (José Henrique) do Homem (Rubem) deve ser uma garantia contra heresias na adaptação.

VEJA TAMBÉM: Ensaio da skatista Letícia Bufoni

Sem exageros retóricos, escolher uma Lúcia McCartney é quase tão delicado quanto escolher uma Capitu. Com uma diferença essencial: desta última, com seus olhos de ressaca, sabemos tudo (ou praticamente tudo, já que a traição ou não a Bentinho permanece um enigma). De Lúcia, porém, conhecemos pouco, muito pouco. É uma garota de programa de 18 anos, mora na zona sul do Rio, gosta de ouvir música (sobretudo os Beatles de Paul McCartney, de quem roubou o sobrenome de guerra) e de dançar na boate Zum Zum, perdeu os pais e mora com a amiga Isa. Mais importante, ela se apaixona por José Roberto, um cliente (“paulista, não gosto de paulistas”). E nada mais.

VEJA TAMBÉM: Ensaio de Gabi Rippi

Como o conto não fornece particularidades físicas, Lúcia McCartney poderia ser quase qualquer uma. Cabe a Antonia Morais, agora, provar que só poderia ser ela. De cara, a atriz tem o básico: uma beleza que foge do óbvio, a juventude (seus 24 anos passam por 18), o amor pela música, a carioquice e um namorado paulista – sem falar no talento demonstrado no cinema, na TV e nos clipes, no pedigree artístico dos Pires/Morais e em uma certa inocência interiorana, talvez herança do lado goiano da família, que também exalava de Lúcia.

VEJA TAMBÉM: Ensaio de Letícia Lima

Mas, para entender por que Antonia pode ser Lúcia – por que ela tem o je ne sais quai, o borogodó, para um papel tão icônico –, é preciso fazer um exercício de imaginação. Criar sua própria adaptação do conto na cabeça. Olhar para as fotos deste ensaio enquanto lê as palavras de Rubem Fonseca.

Pode começar com estas daqui:

“Eu era chamada de Graveto.” “O graveto mais lindo do mundo”, diz ele, me beijando. Eu vou toda pra ele, me entrego, me dou, ele está dentro de mim, eu rezo pra demorar bastante, peço “demora bastante! muito! não acaba!”, ele me põe doidona, me derrete e meu coração fica batendo no peito, na garganta, na barriga, que-bom, que-bom, que-bom, que-bom, que-bom!

Ainda não foi o suficiente? Então tenta estas:

Ir para a cama com ele é cada vez melhor. Ele sabe amar, me deixa louca, horas seguidas. Me deixa mortinha — durmo direto e quando acordo ele está calmamente lendo um livro, ou fumando cachimbo e ouvindo música naqueles fones dele, pronto pra me amar de novo.

Se você leu esses trechos, viu as fotos de Antonia e não enxergou Lúcia, então o problema não é dela, mas da sua imaginação. Antonia pode ser Lúcia, pode ser muitas. A TV dirá, o tempo dirá.  Para quem sabe fazer cineminha na cabeça, aposto que deu até um pouco de inveja de Eduardo Moscovis (que fará José Roberto na série). Em uma carta para Lúcia, o misterioso personagem escreve: “Pensando em você, é o que eu estou fazendo agora. Você é o meu Minotauro, sinto que entrei no meu labirinto. Alguém será devorado. Adeus?”. Alguém será devorado por Lúcia McCartney. Mas basta olhar a boca de Antonia para saber que não será ela. Adeus.

Créditos

Foto principal: Daniel Aratangy

COORDENAÇÃO GERAL ADRIANA VERANI STYLING JULIANO E ZUEL BELEZA RICARDO DOS ANJOS (CAPA MGT) PRODUÇÃO DE MODA LUIZ BONASSOLI E JOÃO FRANÇA ASSISTENTE DE PRODUÇÃO AMANDA HACKMANN ASSISTENTE DE FOTO OTÁVIO AUGUSTO NUNES AGRADECIMENTOS KITTY PADOVANI IMÓVEIS ESPECIAIS www.facebook.com/kpimoveisespeciais MODA american appareal, Brunello cucinelli, Calvin Klein, Marisa Ribeiro, OH Lord, Tommy hilfiger TRATAMENTO DE IMAGENS WALTER MORENO FACTORY RETOUCH

matérias relacionadas