por Marcos Candido

Documentário de Ednei Sulzbach mostra o começo do mountain bike brasileiro, na década de 80

Osvaldo do Santos já era referência em BMX na década de 80 quando leu uma reportagem sobre um estilo ainda mais aventureiro, popular na Europa e nos Estados Unidos: o mountain bike. Rapidamente ele aderiu à modalidade e hoje, três décadas depois, é uma lenda nacional do esporte e um dos protagonistas de Masters of mountain bike.

O documentário, dirigido pelo gaúcho Ednei Sulzbach, 33, mostra os primórdios da modalidade no Brasil a partir de Osvaldão, como é chamado, e outros quatro grandes nomes do esporte. No filme, Sulzbach 
mostra a ligação emocional dos atletas com a bike de aventura ao mesmo tempo que lembra o início repleto de improvisos. “Eles contam que peças como o ‘bar end’ [um ‘chifre’ acoplado ao guidom para auxiliar em subidas] não eram fabricadas por aqui. No lugar, eles usavam canos de PVC”, conta o diretor. O projeto documental não se encerra com o filme. Sua intenção agora é aproveitar as mais de 13 horas de entrevistas para criar uma série com foco em cada um dos entrevistados, entre os quais estão o também “pai” da mountain bike brasileira, Edu Ramires, e o atleta olímpico Márcio Ravelli.

matérias relacionadas