"O sucesso é uma faca de dois gumes"

Rincon Sapiência, um dos principais nomes do hip hop brasileiro na atualidade, reflete sobre racismo no Brasil e machismo no rap

por Alexandre Potascheff em

Trip FM / Rap / Hip hop / Racismo / Periferia

Rincon Sapiência é um dos principais nomes do rap brasileiro da atualidade. Paulistano nascido e criado na Cohab I, ali na região de Itaquera, antes de apostar na música ele era atendente de telemarketing e queria ser jogador de futebol. Pra nossa sorte ele desistiu daquele trabalho (e do sonho de ser boleiro) pra investir nas rimas. Sua trajetória na música começa no ano 2000 e, em 2009, emplacou seu primeiro grande sucesso, a inesquecível faixa “Elegância”. Em 2017 conquistou público, crítica e cravou definitivamente seu nome no panteão do hip hop nacional com o disco Galanga Livre, álbum que lhe rendeu diversos prêmios, entre eles Melhor Capa, Melhor Produtor e Artista Revelação no Premio Multishow de Música Brasileira; Melhor Disco pela revista Rolling Stone e Bravo e Artista do Ano pela APCA (a Associação Paulista de Críticos de Artes). Com o Trip FM, Rincon fala da infância na periferia e da importância do futebol na sua formação, reflete sobre racismo no Brasil e machismo no rap, relembra a época de atendente de telemarketing e conta com tem lidado com a fama e o assédio: "O sucesso é uma faca de dois gumes".

ESCUTE A ENTREVISTA COMPLETA NO PLAY ABAIXO:


SET LIST
Rincon Sapiência —  Crime Bárbaro
Peter Tosh —  African
Jair Rodrigues —  Zigue Zague
Al Green —  I'm a Ram
Ouça todas as músicas que rolaram no Trip FM em 2018

Créditos

Imagem principal: Fernando Martins

Arquivado em: Trip FM / Rap / Hip hop / Racismo / Periferia