Exposição de Vivian Maier: a vida secreta da babá

Mostra no MIS traz 101 imagens feitas pela fotógrafa americana nos anos 60 e 70

por Bruna Barone em

Tpm / Fotografia

Nascida em Nova York em 1926, Vivian Maier trabalhou como babá por 40 anos. Nas horas de folga, passeava pelas ruas e fotografava o cotidiano de mulheres, crianças e quem mais passasse por sua frente. Fez mais de 100 mil imagens de sua cidade natal, Los Angeles e Chicago nos anos 60 e 70. Mas foi apenas em 2007, dois anos antes de Vivian morrer, que sua obra foi descoberta e revelada para o mundo pelo corretor de imóveis e historiador John Maloof.

Uma seleção de 101 de suas fotografias pode ser vista no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, além de nove filmes gravados em super-8mm. "São retratos potentes e audaciosos. Vivian ia além das regras de cortesia e é por conta dessa ousadia que temos imagens tão densas", afirma a curadora da exposição, Anne Morin. No local, há uma mostra paralela com 60 propagandas e cartazes voltados para o público feminino da época em que a babá fotografava. "Será como mergulhar no mundo dessa mulher", diz Rui Piranda, curador de A propaganda no tempo de Vivian Maier.

Vai lá: O mundo revelado de Vivian Maier e A propaganda no tempo de Vivian Maier. Até 14/6. De terça a sábado, das 12h às 21h e domingos e feriados, das 11h às 20h, no MIS. Av. Europa, 158, São Paulo,SP. R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) 

Arquivado em: Tpm / Fotografia