por Luiz Filipe Tavares

Coletivo espanhol espalha mensagens positivas pelas vielas da Brasilândia, em São Paulo

Com cerca de 280 mil habitantes, a Brasilândia (zona norte) é o quarto distrito mais populoso de São Paulo, atrás apenas do Grajaú, Sapopemba e do Jardim Ângela. Em sua maior favela, a chamada Vila Brasilândia, o coletivo espanhol Boa Mistura conseguiu iluminar a vida dos milhares de paulistanos que ali vivem espalhando mensagens positivas em grandes murais espalhados por seus becos e vielas. Com a ajuda das crianças da comunidade, os artistas europeus deram cor a um cotidiano cada vez mais cinza da periferia na capital paulista. 

Escrevendo palavras em grande escala, os artistas desenharam os "lemas" usando a noção de profundidade das estreitas ruas da favela. Com isso, é preciso olhar  para as pinturas de um ponto de vista determinado para conseguir ver toda a composição, que utiliza substantivos como "amor", "orgulho" e "firmeza". 

Criado em 2001, o coletivo Boa Mistura é formado pelos madrilenhos Arkoh, Derko, Pahg, Purone e Rdick. Misturando a diversidade de estilos de cada um dos seus integrantes, o grupo viaja o mundo criando trabalhos com proporções cada vez maiores e intervindo nos mais variados modos de vida existentes em todo o planeta. No site oficial dos caras você pode ver grandes galerias de outros trabalhos do coletivo, sempre com textos explicativos que acompanham cada uma das séries de fotografias.

Na galeria acima você vê as imagens clicadas pelos próprios artistas do produto final e do processo de criação dos murais.

Vai lá: www.boamistura.com

 

matérias relacionadas