por Pedro Henrique Tavares

O site Raízs conecta consumidores de São Paulo com famílias que plantam orgânicos no interior

O primeiro certificado de produção orgânica da família Silva chegou em 1998. Desde então, cultivam alface e tomate livres de agrotóxicos. O grande problema, no entanto, é chegar à mesa do consumidor urbano. Por isso, uma iniciativa de dois amigos paulistanos tem facilitado a vida de agricultores como Alziro e Neide Silva. O Raízs, fundado em 2014 por Tomás Abrahão e Bruno Rebouças, é um e-commerce de orgânicos que liga famílias que produzem no interior paulista a consumidores na capital. “Nosso principal objetivo é criar um espaço de troca”, explica Tomás. A importância de gerar uma conexão entre o campo e a cidade vem desde a embalagem, que traz uma foto da família responsável pelo cultivo de determinado alimento. Para completar, a dupla organiza excursões às plantações. De acordo com Bruno, o objetivo é mostrar todo o processo e conscientizar a população. “Os hábitos de alimentação estão mudando, mas ainda é preciso que os orgânicos sejam mais acessíveis, inclusive para as classes mais baixas”, diz.

Atualmente, o Raízs trabalha com produtores do interior de São Paulo e do norte do Paraná. Para os empresários, o número reduzido de famílias faz com que a ação se torne relevante. “Se não o comprador dos nossos produtos perde a possibilidade de ter um contato direto com os produtores”, afirma Tomás.

Vai lá: raizs.com.br

Leia mais: Hans Dieter Tamp e seu projeto Cidades sem fome

 

matérias relacionadas