Reoriente-se

Iraniano cria site sobre a arte e a cultura do Oriente Médio buscando disseminar uma nova visão sobre a região

por Ana Luisa Abdalla em

Tpm / Oriente médio

O escritor Joobin Bekhrad nasceu no Teerã, capital do Irã, e quando passou a viver no Canadá deu de cara com a visão pejorativa que o mundo tinha do Oriente Médio. Resolveu, então, criar um site voltado para o cenário artístico da sua terra natal. "Nas grandes mídias ocidentais o que se propaga, com muita frequência, são aspectos negativos do Oriente Médio. Enquanto isso, tem um monte de coisa bacana acontecendo que muita gente não fica sabendo", diz Joobin em entrevista à Tpm.

Foi para preencher essa lacuna que o site Reorient nasceu em 2012. Joobin já possuía um site sobre arte contemporânea com seu pai, e foi ali que a ideia do Reorient surgiu. Em pouco tempo o que era uma seção pequena ganhou pernas próprias e se tornou um site independente: "Nossa filosofia é de que se vamos escrever sobre a cultura do Oriente Médio, então devemos olhar para o lado (extremamente) positivo que existe dela". Isso não significa que não há crítica ali. Como a foto acima, da artista iraniana Shirin Neshat, que sempre retrata mulheres de burca.

Uma legião de admiradores não demorou a surgir. Hoje, as redes sociais do site têm mais de 40 mil seguidores e cerca de 50 colaboradores em todos os cantos do mundo.

"A missão do Reorient é dar atenção para o incrível trabalho que artistas do Oriente Médio e seus dissidentes espalhados pelo mundo estão fazendo. E, no processo, modificar a interpretação errada que as pessoas têm da região", define Joobin. "O nome diz tudo: nós tentamos reintroduzir e reorientar as pessoas sobre a região, que apresenta uma grande diversidade, beleza e riqueza cultural."

Vai lá: reorientmag.com

Arquivado em: Tpm / Oriente médio