Crushes na
terceira idade

Como rolam amor, sexo, dates
e aplicativos de paquera para
quem tem mais de 60 anos

A tecnologia transformou
os caminhos para conhecer
um amor ou descolar uma
transa casual. E não foi
só para os millenials

“SUA MÃE TRANSA?
E SUA AVÓ?”

“As tecnologias modernas
hoje botaram todo mundo
no mesmo patamar”

“O que envelhece é a matéria.
Tô com ruga, tal. Mas o
emocional, ele não envelhece”

Os aplicativos de relacionamento
ampliaram o horizonte de quem busca
por um par na terceira idade

“Foi assim que
eu renasci”, diz

Depois de 32 anos de casada,
Isabel Dias percebeu que
estava sendo traída.
Ao se separar, decidiu
viver 32 aventuras sexuais

“Eu não sabia
nada de internet,

mas eu achei que ela podia
ser uma saída pra mim”

“porque você não
vai na fila de
banco conhecer.

Principalmente eu, na minha
idade. Então às vezes é
mais fácil você lidar com
as palavras, com as letras,
do que você ir lá e se
apresentar. Eu sou tímida
pra caramba”

Francisco Amante é
viúvo e busca um novo
relacionamento usando
aplicativos de paqueras

“Os aplicativos
me deram a
oportunidade

de ter contato com pessoas
que não se expõem. Por exemplo,
a pessoa fica viúva ou se
separa e não vai pra barzinho”

“Eu mando
assim, quer ver?

Seja muito bem-vinda, um olá,
mando uma flor e nada de
resposta. E assim vai”

À procura de um amor,
Ricardo Rick usa uma rede
social em que mulheres
buscam se relacionar em
troca de mimos e dinheiro

“As próprias
meninas viram que
é a grande chance

porque você vai encontrar
o seu daddy. É aquele cara
que vai lhe dar presentes,
que vai levar para as
grandes festas, vai fazer
você uma Cinderela”

“Pagar mesada?

Eu não vou pagar ninguém para
estar do meu lado. Eu ofereço
muito, sabe? Teria que ser ao
contrário. Eu receber algum
pra estar fazendo companhia”

Isabel garante
que o tesão
continua.

“Ao invés de correr uma
maratona, eu vou fazer uma
prova menor e vou chegar no
pódio do mesmo jeito”, diz

“A partir do
momento que a
mulher passou
a menopausa,

você faz os seus ajustes
e continua tendo prazer.
Taí hormônio, creminho,
converse com o seu
ginecologista”

ENTREVISTA: Nathália Cariatti

IMAGENS: Nathália Cariatti
Fernando Martins
Ludmila Daher
Matias Maxx

EDIÇÃO: Fernando Martins
CENAS TRIP TV

CONTEÚDO QUE
TRANSFORMA

Leia mais