A ressurreição de Robert Johnson

Fundação que leva o nome do bluesman cria animação baseada em famosa foto do músico

por Luiz Filipe Tavares em

Trip / Animação / Música

Robert Johnson foi o primeiro superstar da história do blues americano. Nascido em 1911 na cidade de Hazlehurst, Mississippi, o bluesman é amplamente considerado o maior nome do Mississipi Delta Blues, tendo influenciado gerações inteiras de guitarristas e nomes como Eric Clapton, Keith Richards e Bob Dylan.

Johnson, cuja vida permanece um mistério, é famoso pela lenda de que teria vendido sua alma ao Tinhoso para ganhar habilidades musicais. Foi também um dos primeiro músicos renomados a morrer aos 27 anos, inaugurando um mito que engloba as mortes de Kurt Cobain, Brian Jones, Jim Morrison, Jimi Hendrix, Janis Joplin e Amy Winehouse, entre outros. O desconhecimento da vida do bluesman é tamanho que até hoje só foram descobertas duas fotos do guitarrista que só gravou 29 músicas (com mais doze takes alternativos) durante toda sua vida, sendo todas as gravações realizadas entre 1936 e 1937.

Em 2008, a Robert Johnson Blues Foundation, comandada pelos herdeiros do músico, criou uma animação com uma dessas duas fotos do músico. Conhecida como a Imagem Perdida, só descoberta nos anos 60, a foto ganhou detalhes animados fazendo o músico cantar “Hell Hound on My Trail” e “Preaching Blues”, dois dos seus maiores sucessos. O vídeo só foi revelado em 2011 durante as comemorações dos 100 anos de Johnson, sem fazer muito barulho na época. Um ano depois, o vídeo ganhou notoriedade e infestou as redes sociais neste mês, durante as homenagens ao aniversário de morte do bluesman.

Johnson morreu em 16 de agosto de 1938. A causa da morte até hoje não foi confirmada em definitivo, mas as informações mais confiáveis apontam para um envenenamento por estricnina, um veneno para ratos muito comum no início do século XX. Sua obra completa, que inclui os onze discos de 78 rotações que a gravadora Vocalion lançou enquanto o músico estava vivo mais todas as gravações adicionais, foi lançada no ano passado pela Sony Music na caixa Robert Johnson: The Centennial Collection. Antes disso, a edição mais abrangente das gravações de Johnson era The Complete Recordings, lançado em 1990 pela Columbia Records.

No player abaixo você vê o que temos de mais próximo a um vídeo de Johnson apresentando suas canções.

Arquivado em: Trip / Animação / Música