apresentado por Cachaça 51

A Cachaça 51 apoiou a quinta edição do evento, que reuniu milhares de visitantes e debates acalorados sobre o universo feminino

Em seu quinto ano, mais uma vez a Casa Tpm aqueceu o inverno paulistano com dois dias de intensa programação e lotou o Clube Nacional, em São Paulo. Sob o tema “Você é livre mesmo?”, um time afiado de palestrantes e expositores passou por lá para debater as mais diversas questões que cercam o universo feminino, entre elas trabalho, corpo, idade, beleza e maternidade. Complementando o rol de apoiadores da Casa, a Cachaça 51 teve uma boa ideia: patrocinar a estrutura de bar do nail bar montado especialmente para o evento e oferecer drinks exclusivos feitos por uma equipe de simpáticos bartenders. E claro que o espaço contava, ainda, com manicures à disposição para esmaltar as unhas e dar um up na produção da galera, que costuma arrasar pelos corredores.

No cardápio, três opções de drinks harmonizavam com diversas cores de esmalte: teve o Vivito, versão de mojito feita com uma mistura de limão taiti e hortelã, o Delix, com um toque especial de groselha e abacaxi e, como não poderia faltar, a tradicional caipirinha, que todo mundo gosta. Todos cuidadosamente preparados com a dose certa de Cachaça 51, é claro. Para os mais animados, difícil foi escolher um só. “Um drink de sucesso tem que ser bem elaborado e ter a combinação certa de ingredientes para agradar o paladar do cliente”, disse o barman Wagner dos Santos, que não parou um segundo de atender toda a clientela.

Em um ambiente descontraído e muito movimentado durante o dia todo, o espaço da Cachaça 51 alegrou e adoçou a tarde de mais de 3.000 pessoas que passaram por lá nos dias 30 e 31 de julho. “Apesar de estar aqui trabalhando, consegui ouvir pela TV a palestra da Taís Araújo e achei legal discutirem os vários tipos de violência contra a mulher”, afirmou Naildes da Silva, uma das quatro manicures que cuidaram das unhas dos visitantes.

Pensa que acabou? Que nada! A Cachaça 51 vai aonde o público está e, ao cair da noite, outro bar foi montado no salão principal da casa, que teve dois shows arrasadores. No sábado, Fafá de Belém e Maria Alcina surpreenderam a todos com uma apresentação pra lá de rock'n'roll (sim, rock!) e no domingo, o performático Liniker encerrou as atividades.

E o movimento não parou por aí. As meninas do Indiretas do Bem, Jessica Greco e Ariane Freitas, comandaram um Facebook live sobre o tema “Amor próprio é uma boa ideia”, além de esquentarem o debate nas redes sociais com diversas fotos e mensagens sobre empoderamento feminino.

Mercado Manual e Food bikes
Além de palestrantes escolhidos a dedo, todos os anos a Casa Tpm também abre suas portas para expositores mostrarem o seu trabalho e se aproxima, assim, das boas ideias que surgem diariamente no mercado de empreendedorismo criativo do Brasil. No primeiro andar da Casa, uma versão pocket do Mercado Manual encantou os passantes com um petisco de sua rede de colaboradores. O Mercado Manual é uma plataforma de incentivo a artistas que valorizam o fazer artesanal e reúne moda, design, gastronomia, decoração e outras belezas.

Na hora da fome, os visitantes puderam se deliciar e descontrair ainda mais com os comes e bebes das food bikes estacionadas no agradável quintal do Clube Nacional. Cheers Tuck, Choco Gourmet, Frida&Mina e Bruscheteria foram apenas algumas das delícias que deixaram o ambiente da Casa Tpm ainda mais gostoso. A Cachaça 51 sempre apoia boas ideias, e o empoderamento feminino é uma delas. Já estamos com saudades dos debates, da descontração e, claro, dos deliciosos drinks da Cachaça 51 na Casa Tpm

Vai lá: indiretasdobem, facebook/indiretasdobem, @instadobem

Nos vemos na próxima!

play

Patrocínio Master

Patrocínio

Apoio

Comunicação

matérias relacionadas