apresentado por Cachaça 51

Plataforma digital reúne estadias para mochileiros em troca de trabalhos e conhecimento para suprir demandas locais

Riq Lima é economista e trabalhou em banco de investimentos até descobrir que não era a sua praia, mas tinha certeza de que gostava de viajar. “Comprei um bilhete só de ida para a África e passei mais de três anos em mais de 50 países”, conta. No final de sua temporada sabática trabalhou como voluntário em um hostel, na Califórnia, em troca de hospedagem. A ideia do Worldpackers nasceu desta vivência, como plataforma digital colaborativa que isenta o custo da hospedagem em troca das habilidades.

Hoje, com mais de 200 mil viajantes e 15 mil noites reservadas no mês, o Worldpackers está presente em mais de 170 países. “A chance de eu voltar para o banco é zero. Acreditamos num mundo sem fronteiras”, comemora Riq, que afirma também que divide sua vida entre celebração e aprendizado. “Ou estou errando e aprendendo, ou celebrando uma boa ideia”, finaliza.

play


*O Projeto Brasil, o país da boa ideia, é uma iniciativa da Companhia Müller de bebidas, fabricante da cachaça 51, e tem como objetivo dar visibilidade a grandes ideias que florescem no Brasil todos os dias mas que nem sempre são vistas e celebradas como merecem.

matérias relacionadas