por Luiz Filipe Tavares

Um guia das atrações musicais mais legais da edição deste ano do festival paulistano

Maio em São Paulo é o mês de Virada Cultural. Durante um fim de semana, a cidade é ocupada por shows, peças de teatro, sessões de cinema, intervenções urbanas e exposições, tudo de graça em quase 50 pontos diferentes da cidade, com transporte urbano funcionando durante 24 horas para que você não perca nenhuma das grandes atrações da festa.

Em 2013, a Virada rola nos dias 18 e 19, sábado e domingo, com um sem fim de opções para fãs de todos os estilos de música. Para te ajudar a selecionar o que não deixar de ver, preparamos uma lista com as atrações mais indispensáveis do fim de semana. A lista é longa e inclui shows de 13 palcos diferentes, então o que não falta são boas opções de apresentações nas 24 horas de festa.

1 - Teatro Municipal: Sempre disputados na Virada, os shows do teatro são um capítulo especial do evento. Neste ano tem o cantor Fagner apresentando o repertório de seu primeiro disco, Walter Franco tocando seu Revolver e Jorge Mautner tocando seu disco homônimo de 1974. Os ingressos são limitados, então chegue pelo menos duas horas antes de cada apresentação.

Destaques:
21h: Fagner: toca Manera Fru-Fru Manera (1973)
00h: Odair José toca O Filho de José e Maria (1977)
3h: Ângela Rô Rô toca Ângela Rô Rô (1979)
6h: Walter Franco toca Revolver (1975)
12h: Jorge Mautner toca Jorge Mautner (1974)

2 - Palco Rio Branco: Quem gosta dos estilos mais tradicionais da black music nacional vai ter um prato cheio neste palco, onde três gerações de artistas se encontram durante a virada. De Nelson Triunfo ao rapper Emicida, passando pelos mestres das pick-ups KL Jay e DJ Hum, o palco recebe uma sequência fortíssima de figuras carimbadas da nossa música entre as 21h e as 2h30 da madrugada.

Destaques:
21h20 Nelson Triunfo e o Grupo Funk & Cia
22h30 Emicida
23h50 KL. Jay
01h00 Dj. Hum e Convidados
02h30 Edy Rock

3 - Palco Júlio Prestes: A velha estação de trem volta a receber o "palco principal" da Virada, com atrações para todos os gostos e idades. Tem Gal Costa, Elza Soares, Gabi Amarantos, Criolo, Racionais MCs e muitos outros, incluindo uma apresentação histórica de George Clinton e seu imortal P-Funk All Stars, que sobe ao palco às 3h da matina.

Destaques:
21h- Gal Costa
00h- Black Star (EUA)
03h- George Clinton & P-Funk All Stars
06- Elza Soares + Gabi Amarantos
12h- Criolo
15h- Racionais MCs

4 - Palco São João - Mais uma vez a segunda mais famosa avenida de São Paulo será a casa do rock pra todos os gostos (e de tudo quanto é país). Lobão abre os trabalhos às 18h do sábado e abre caminho para um desfile de estrelas de ontem e hoje. Meia noite tem os americanos do Mondo Generator (comandado por Nick Olivieri, ex-Queens of The Stone Age), um dos shows internacionais mais esperados da Virada. Mas o destaque maior do palco fica por conta dos italianos da Alex Carpani Band, que acompanham o saxofonista David Jackson em seu projeto que relembra o mais do que clássico grupo de rock psicodélico Van der Graaf Generator.

Destaques:
18h Lobão
00h Mondo Generator (EUA)
04h Mão Morta (Portugal)
18h David Jackson (UK) + ACB (Itália) - Van der Graaf Generator

5 - Palco Praça da República - Samba, soul e MPB serão às bolas da vez no palco da praça em 2013. Tem Sombrinha, Almir Guineto, Leandro Lehart, Raça Negra (agora tembém novo queridinho dos alternativos) e Rappin Hood, mas a faixa de programação campeã do palco vai das 2h às 5h30. Primeiro com o Marcos Valle Trio, depois com o multi-homem do soul tupiniquim, Hyldon, que canta acompanhado do veteraníssimo trio Azymuth.

Destaques:
2h Marcos Valle Trio
4h Hyldon e Azymuth

6 - Palco 25 de Março - A música alternativa do Brasil é a estrela do palco que recebe uma sequência imperdível começando às 18h do domingo, com Céu e Otto fechando a programação da Virada. Ainda tem Hurtmold, Mombojó, Passo Torto e Jorge Mautner + Kassin.

Destaques:
18h - Ritmistas, Jorge Mautner e Kassin
20h - Lucas Santtana
22h - Metá Metá
00h - Hurtmold
06h - Vanguart
08h - Mombojó
16h - Céu
18h - Otto

7 - Palco Cásper Líbero - Música - Brasil: na rua Casper Líbero, dois palcos dividem as bandas independentes entre paulistas e brasileiras de outros estados. No palco Brasil, os destaques ficam para o som experimental do Ruído/mm (PR), o pernambucaníssimo Ex Exus (PE), o pós-rock do Burro Morto (PB) e a energia sem fim do Porcas Borboletas (MG)

Destaques:
20h40 – Ruído/mm
4h40 – Ex Exus
11h20 – Burro Morto
15h20 – Porcas Borboletas

8 - Palco Cásper Líbero - Música - São Paulo: Entre as bandas paulistas do palco indie, os maiores destaques estão divididos em dois blocos. Entre as 18h40 e as 22h tem três bandas com um som inventivo e inovador: o Elma, a Tigre Dente de Sabre e o Aeromoças e Tenistas Russas. No domingo são as meninas que comandam a tarde, com Bárbara Eugênia, Andreia Dias e Juliana R.

Destaques:
18h40 – Elma
20h - Tigre Dente de Sabre
21h20 – Aeromoças e Tenistas Russas
14h40 – Bárbara Eugênia
16h – Andreia Dias
17h20 – Juliana R 

9 - Palco Estação da Luz: o palco da Luz tem uma ótima programação para crianças na tarde de domingo, mas é na madrugada que ele vai pegar fogo com uma invasão latina na Virada Cultural 2013. Entre as 23h e as 7h sobem ao palco os argentinos da Orquestra Fernandez Fierro (tango), Rascacielos (pós-rock), El Arranque (tango) e 34 Puñaladas (milonga), além dos chilenos do Juana Fé e de sua contagiante mistura de salsa com ska.

Destaques:
23h – Fernandez Fierro (Argentina)
1h – Rascacielos (Argentina)
3h – El Arranque (Argentina)
5h – Juana Fé (Chile)
7h – 34 Puñaladas (Argentina)

10 - Palco Barão de Limeira - a programação mais variada de todos os palcos da virada deixou um pouco a desejar neste ano. Mesmo assim, ali haverá um dos shows mais legais de toda a programação de 2013. Trata-se do Satelite Kingston, cultuadíssima banda argentina de ska, que toca às 7h da manhã do domingo.

Destaque:
7h: Satelite Kingston (Argentina)

11 - Palco Edifício Copan: o palco das divas será montado no início da Avenida Ipiranga, diante do prédio projetado por Oscar Niemeyer. O destaque da programação fica por conta da última faixa de horário da Virada, trazendo shows de quatro musas de quatro gerações diferentes: Marisa Orth, Cida Moreira, Elke Maravilha e Rita Cadillac.

15h – Marisa Orth
16h – Cida Moreira
17h – Elke Maravilha
18h – Rita Cadilac


12 - Palco Largo do Arouche - Brega é a mãe! Mais uma vez, o palco do Arouche recebe os nomes mais românticos e sem-vergonha da programação da Virada Cultural. Para destacar alguns, ali se apresentam o eterno Luiz Caldas, o cigano Sidney Magal, os queridinhos goianos da Banda Uó e um fechamento que promete ser inesquecível com a cantora Fafá de Belém.

Destaques:
21h - Luiz Caldas
23h - Sidney Magal
5h - Banda Uó
17h - Fafá de Belém

13 - Palco Largo São Bento - Na terra prometida dos b-boys paulistanos estará construído o palco da poesia, que reunirá diversos grupos de poetas em uma série de saraus, todos pontuados por grandes shows de rap. Destaques para o Sarau da Cooperifa e para as apresentações de um nome gigante do rap brasileiro old school e por um dos mais admirados MCs da nova escola tupiniquim.

Destaques:
22h – Sarau da Cooperifa
0h20 – Kamau
5h40 – Z’África Brasil


Primeira vez na Virada? Se liga nesse "Guia de Sobreviência" de uma veterana de Virada Cultural, a editora do site da Trip e da Tpm, Flávia Durante, que foi em todas as edições até hoje.

1) Virada Cultural é sinônimo de andar, andar e andar. Então calce o tênis e a roupa mais confortáveis e bora! A previsão de tempo pro final de semana em São Paulo é de friaca e chuviscos, então lembre dos conselhos maternos e "leve um agasalho" ou uma capa de chuva.
2) Como em qualquer evento com grandes aglomerações de público, acontecem vários furtos de celular. Então evite levar seu aparelho mais novo, aquele que você suou pra acabar de pagar. Use um estepe mais velhinho e deixe-o entocado no bolso de dentro de uma jaqueta ou na frente da calça, jamais no bolso de trás ou em mochilas. Pra mulheres, vale uma bolsa a tiracolo pequena rente ao corpo ou em pochetes de viagem, as chamadas "doleiras". Ou ainda, comprar uma cordinha de celular e andar com ele pendurado no pescoço, por dentro da roupa. 
3) Dinheiro leve sempre trocado. Se precisar levar uma grana maior para o táxi, entoque na palmilha do tênis.
4) No "kit sobrevivência", além do celular velhinho, dinheiro trocado, do Bilhete Único, do casaco e da cópia do RG, inclua uma canga de praia para poder estender na rua ou na grama e dar uma descansada. Leve também sacos plásticos pra guardar o seu lixo na bolsa ou mochila, caso não encontre latas de lixo na rua naquele momento. 
5) Mora no Centro de São Paulo? Chame os amigos pra uma pré ou pós-Virada e faça de sua casa o QG pra galera poder usar um banheiro limpinho, dar uma descansada, comer, beber e se encontrar. Alguns mais precavidos  alugam quartos com os amigos em hotéis no Centro. No Ibis Budget, por exemplo, a diária é de R$ 112,00 em um quarto para até três pessoas e inclui café da manhã.
6) O legal de curtir a Virada é aproveitar o máximo de atrações, então evite os famosos "vinhos químicos" pois é revertério na certa. Você não vai querer passar o final de semana num PS e perder ótimos shows por bobeira, né?
7) Os cinemas da Virada são sempre uma opção muito divertida, com sessões temáticas. Porém em algumas salas do Centrão, para disfarçar o cheio de mofo e de "odores sexuais", as equipes de limpeza lançam mão de litros e litros de produtos químicos, o que pode irritar pessoas alérgicas. 
8) Nem todas as atrações são abarrotadas de gente, algumas são mais tranquilas, principalmente as de artistas mais alternativos e no domingo de manhã. E se você se irritou com a aglomeração é só mudar de palco. 
9) Ir de carro? Nem pensar! O metrô fica aberto a madrugada inteira e há linhas especiais de ônibus!
10) Escolha sua programação mas deixe-se também surpreender com coisas que dificilmente você vai conseguir ver de graça. E lembre-se, "se não quer brincar, não desce pro play". Entre no clima, aproveite bem e boa Virada! ;-)

 

A programação completa da Virada você vê no site oficial do evento.

Vai láhttp://viradacultural.prefeitura.sp.gov.br/programacao/completa

matérias relacionadas