apresentado por Cachaça 51

É a partir da troca entre as sabedorias de cada geração que se criam as melhores receitas. Das raízes pernambucanas de Zé Almeida e o frescor do seu filho, o chef Rodrigo Oliveira

Meu pai nasceu no sertão pernambucano. É lá que estão as raízes da nossa cozinha. Viajou de ônibus até São Paulo, onde trabalhou em diferentes indústrias, como metalurgia e fundição. Em 1973, fundou sua Casa do Norte e pouco tempo depois montou um bar na Vila Medeiros, que deu origem ao Mocotó. Seu Zé Almeida começou o restaurante por pura necessidade. Como retirante, cozinhar era uma questão de sobrevivência. Ele reproduzia os sabores que conhecia do Nordeste. Eu, desde a adolescência, ajudava nas tarefas do dia a dia, como lavar pratos e atender mesas, porque queria estar perto do meu pai – e ele passava a maior parte do dia trabalhando. Para o sertanejo, o trabalho é um dos elementos que define uma pessoa. 

Apesar da pouca educação formal, Zé é um cara brilhante. As receitas não foram sua lição mais valiosa. Sua hospitalidade é a verdadeira essência do restaurante, seu prazer em servir, não importa de onde o cliente venha, se foi presidente da República ou é um trabalhador do bairro.

Desde a adolescência, eu era apaixonado pelo restaurante e comecei a fazer algumas reformas antes mesmo de assumir oficialmente.  A maior delas foi após eu entrar na faculdade de engenharia ambiental, enquanto meu pai passava algumas semanas em Pernambuco. Tomei uma bronca, mas seguimos em frente.

Hoje meu pai não fica mais na cozinha nem se envolve tanto com a operação, mas todos os dias ele passa no restaurante. Me dá broncas até hoje. Faz social com os clientes, toma uma cachaça ou uma cerveja e não perde um dia de trabalho. Esse lado eu puxei dele. Mesmo tendo folga uma vez por semana, dificilmente deixo de passar no restaurante e sempre levo meus filhos para comer lá. 

play

As melhores histórias precisam de tempo para amadurecer e quando isso acontece não podemos perder. Reserva 51 Carvalho Americano, cachaça extra premium, envelhecida em barris de primeiro e único uso. Venda especial de Dia dos Pais limitada apenas no dia 13 de julho pelo site reserva51.com.br

matérias relacionadas