apresentado por Volkswagen

A bordo de uma Amarok, videomaker estreia em rali com percurso do Brasil ao Uruguai

Foram 3 mil quilômetros rodados. De São Paulo a Punta del Este, o videomaker Marcelo Paredes uniu duas de suas paixões, carros e imagens incríveis, e completou o Rally Mercosul a bordo de uma Amarok. A aventura pode ser considerada o maior test drive do mundo. Marcelo, 38 anos, nunca tinha participado de um rali de regularidade e achou que era a hora de topar o desafio, que seria duplo. Além de estrear na competição, o carioca, habituado aos bastidores, teria de passar para a frente das câmeras pela primeira vez. Respirou fundo e, no dia 24 de setembro, às 8 horas da matina, foi dada a largada, em São Paulo.

“Foi meio aterrorizador. Não entendi nada da planilha de navegação. Não tem Waze, não tem Google Maps, é uma planilha”, conta.  Já no dia da largada, o grupo seguiu para Curitiba, após participar da primeira prova na Ilha Comprida, no estado de São Paulo. “A primeira parte da prova era uma estrada bem esburacada, tinham umas poças de lama gigantes e ali eu comecei a sentir que a tração 4x4 ia me ajudar muito”, diz Marcelo.  Mas essa não seria nem de longe a sua maior dificuldade.

No segundo dia, Marcelo teve de cruzar o rio Nhundiaquara, em Morretes, em um trecho que tem cerca de 90 metros de largura. “Acionei o bloqueio 100% do diferencial traseiro para não perder a tração, caso tivesse um desnível muito grande no fundo”, explica Marcelo. Essa tecnologia da Amarok faz com que o torque seja dividido igualmente entre as rodas, mesmo quando não há contato com o solo. Basta apertar uma tecla ao lado da alavanca de câmbio. Confira o primeiro vídeo do maior test drive do mundo:

play

matérias relacionadas