por Natacha Cortêz
Trip #266

São 48 anos de diferença, um estado de separação, dois estilos musicais que não se misturam com frequência, o abismo da cor da pele — uma verdade incontestável no Brasil — e o abismo do dinheiro

Trip acredita no que Ney Matogrosso e Rico Dalasam têm em comum: existências políticas. Não fosse isso, talvez  nunca se esbarrassem por aí.

Esta conversa é uma parte do encontro que ocorreu em uma sexta-feira de abril, tão úmida quanto o Rio de Janeiro é capaz de produzir. Generoso, Ney abriu a casa e os olhos para Rico, que, sem jeito, manteve o nervosismo até o último minuto. “Não dava pra esquecer que era o Ney que estava ali. Foi tipo sonhar acordado.”

Confira a entrevista completa na Trip #266, que está nas bancas.

play
Créditos

Imagem principal: Jorge Bispo

matérias relacionadas