por Bruna Bittencourt

Livro reúne fotos de Jay Adams criança, surfando e sobre rodinhas, três anos após a morte do skatista

Tony Alva (um dos mais influentes skatistas de todos os tempos) já disse que algumas crianças crescem à base de leite e biscoito, mas, no caso de Jay Adams, a dieta foi de surf e skate. Precoce, aos 4 anos Adams já se aventurava no mar e no asfalto, introduzido em ambos por seu padastro, Kent Sherwood (ele nunca conheceu o pai), que registrou as primeiras manobras do garoto, imagens reunidas em Jay Boy: The Early Years of Jay Adams.

LEIA TAMBÉM: Quem é Jay Adams, o radical livre

Publicado originalmente em 2006, o livro volta às livrarias no dia 21/03 pela primeira vez desde a morte de Adams, vítima de um ataque cardíaco, aos 53 anos, em 2014, e com o acréscimo de novas fotos pela editora Rizzoli (US$ 22,48 na Amazon). São imagens dele criança, surfando, plantando bananeira sobre rodas, andando em piscinas vazias e ao lado de skatistas como Wentzle Ruml, Shogo Kubo (também morto em 2014) e Tony Alva, que assina o prefácio da publicação. As legendas foram escritas por Adams, quando estava preso, em 2006.

O livro ainda traz colaborações do fotógrafo Glen E. Friedman e de C.R. Stecyk III, que ajudou a fundar no início dos anos 70 a Jeff Ho Surfboards e a Zephyr Productions, surfshop de Santa Monica que deu origem aos Z-Boys (a revolucionária equipe de skatistas da qual fizeram parte Adams, Alva e Stacy Peralta, retratada no premiado documentário Dogtown and Z-Boys, de 2001).

LEIA TAMBÉM: 5 manobras que mudaram o skate

Talvez o mais radical dos Z-Boys, Adams ajudou a levar as manobras do surf para o asfalto e foi um dos responsáveis por criar as bases do skate vertical ao invadir com manobras agressivas as piscinas esvaziadas pela seca que atingiu a Califórnia na década de 70. Essa rebeldia foi além das pistas: Adams foi preso diversas vezes, resultado de sua dependência química. No fim da vida, encontrou a religião e visitava escolas para falar sobre sua má experiência com as drogas para crianças que tinham sua idade quando começou a andar de skate. 

VEJA TAMBÉM: Letícia Bufoni tira a roupa para a Trip

matérias relacionadas