por Carlos Sarli

Com cinco vitórias em sete etapas, é pouco provável que Kelly Slater precise vir ao Brasil antes do encerramento do Mundial de Surfe

Com 10 minutos de bateria, o australiano Taj Burrow, 30, vice-líder do ranking e vice-campeão mundial, já somava uma nota 9 e outra 9,63 na final do Boost Mobile Pro, sétima etapa do Mundial de surfe, na Califórnia. Com ondas de um metro e séries demoradas, parecia que o destino estava selado, desta vez Taj não ficaria em segundo.

Parecia. O adversário era Kelly Slater, e a cautela de Taj, que passou a administrar a final fazendo valer sua prioridade – esperando as maiores, deixou Slater surfar as intermediárias –, funcionou por quase toda a bateria. Mas, faltando um minuto, Slater, que já somava um 9,7, para desespero do australiano e delírio do público em Trestles, pegou a onda da virada. Só uma matemática improvável já não confere o nono título mundial ao americano. Com cinco vitórias em sete etapas, na real o que estará em disputa nas próximas quatro é do vice-campeão pra trás. Hoje começa o período de espera da etapa da França, em seguida vem a da Espanha, pouco provável que Slater precise vir ao Brasil antes do encerramento no Havaí.

Numa entrevista para o “Surfline”, Slater declarou que se dependesse da premiação já teria parado de competir, que sua motivação, além de se superar, é surfar as ondas maravilhosas do “Dream Tour” com apenas um colega na água. Disse também que o único rival de fato em 18 anos de carreira foi o havaiano Andy Irons. E concluiu: “Todos dizem que se eu ganhar o nono título este ano tenho de ir para o décimo. Por isso, tem uma parte de mim que quase não quer ganhar. Me põe no Tour por mais um ano, no mínimo, tentando, e se eu não ganhar, e aí?”.

Domingo, dia 14, 9h40, praia do Maluf, centro do Guarujá, SP. Quatro desavisados entram no mar para surfar e a correnteza de sul leva dois deles para as pedras. O local Tony Villela acompanha a situação e, percebendo o perigo, entra para resgatá-los. Munido com a sua experiência, sua prancha e seu caráter, salva os incautos. Em seguida perde a prancha e morre afogado. Domingo de manhã, onde estavam os guarda-vidas?

COPA DO MUNDO DE SNOWBOARD
Disputada na Argentina e organizada por brasileiros, a primeira etapa do tour 08/09 teve a americana Lidsey Jacobelis e o francês Pierre Vaultier como campeões.

MOUNTAIN BIKE
Única representante do país nas duas versões de Olimpíadas, Jacqueline Mourão se despediu das provas de MTB e se dedicará só ao esqui cross country.

MUNDIAL DE SURFE MASTERS
Previsto para setembro no Rio, o Mundial dos veteranos da ASP, que não acontece desde 2003, foi adiado sem data.

matérias relacionadas