por Bruna Bittencourt

Quatro bailarinas, duas delas Trip Girls, protagonizam novo clipe de Don L, dirigido por Autumn Sonnichsen

Nem low riders nem champanhe. Bem longe dos clichês dos videoclipes de rap, quatro bailarinas - da dança contemporânea ao pole dance - protaganizam o novo clipe de Don L, "Laje das Ilusões", com direção de Autumn Sonnichsen.

A americana, com um pé no Brasil e outro no mundo, é uma antiga colaboradora da Trip e autora de diversos ensaios de Trip Girls. "Nossa ideia era reunir mulheres que têm uma relação forte com a dança, de estilos diferentes", conta a fotógrafa que trabalhou a quatro mãos com André Maleronka na direção criativa.

play

"Laje das Ilusões" faz parte do recém-lançado disco de Don L, Roteiro Pra Aïnouz, Vol. 3, que tem Thiago França, Fernando Catatau, Lay e Leo Justi (que participa da faixa do clipe) entre os convidados. Autumn já havia assinado outro vídeo do MC cearense (radicado em São Paulo), "Sangue É Champanhe", do disco Caro Vapor/Vida e Veneno de Don L (2013), ao lado de Erica Gonsales. "Sempre quis fazer um clipe com bailarinas, fotografo elas há muitos anos. Queria juntar essas quatro mulheres", conta.  

VEJA TAMBÉM: Trip Girl: Maryam Kaba

Autumn dá a ficha de cada uma delas: a francesa Maryam Kaba trocou Paris pelo Rio, onde dá aula de afrovibe (uma modalidade de dança fitness). Foi campeã de ginástica rítmica, fez parte da comissão de frente da Vila Isabel e foi Trip Girl em junho desse ano: "Fui em uma ensaio da escola e vi ela se alongando do outro lado da rua. Fiquei passada. Ela tem muita história e uma presença muito forte". Aline Prado ocupou o posto de Globeleza entre 2006 e 2013 e é uma grande fã de rap: "Ela tem uma elegância muito grande". Camila Ribeiro, que também esteve nas páginas da Trip na edição de abril desse ano, começou a dançar aos 3 anos, estudou balé clássico, fez parte da companhia da Deborah Colker no Rio e hoje integra o Balé da Cidade de São Paulo: "No dia da gravação, ela estava com dor, cheia de machucados, mas quando começa a dançar, entrou em outro estado". Mariana Queiroz é dançarina de pole dance: "Ela me mandou uma mensagem no Facebook anos atrás querendo ser fotografada. Fizemos algumas fotos. Acompanhei a carreira dela desde então. Não tem como não pensar na dança sem pensar na Mari".

VEJA TAMBÉM: Trip Girl: Camila Ribeiro

 "Curto muito trabalhar com pessoas que têm uma ligação forte com o corpo como as bailarinas. Acho que elas têm uma relação com a nudez que é muito natural e, ao mesmo tempo, artística. O corpo delas é muito 'pensado'", diz Autumn. No clipe, as coreografias foram improvisadas. Como um fio condutor, cada bailarina criou movimentos que eram continuação da dançarina anterior. "Se você junta quatro mulheres nesse nível, sabe que alguma coisa maravilhosa vai acontecer." 

Créditos

Imagem principal: Autumn Sonnichsen

matérias relacionadas