por Redação

Mineira cria projeto para hackear as câmeras de seguranças e revelar esses aparatos camuflados nas paisagens urbanas

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL: youtube.com/trip

São Paulo possui mais de 1 milhão de câmeras de segurança, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Equipamentos Eletrônicos de Segurança. Para a artista e e engenheira elétrica Sara Lana, a difusão dessa tecnologia pode ter sérias consequências para as liberdades civis e a relação entre cidadãos e estado, ameaçando a privacidade dos indivíduos.

"Essas câmeras se multiplicam sem nenhuma regulamentação. A gente não tem controle nenhum sobre os nossos dados, quem tá vendo as nossas imagens e por quanto tempo elas são armazenadas", afirma a artista, que decidiu revelar esses aparatos camuflados na paisagem urbana. Durante semanas, Sara andou pelas ruas da cidade com um capacete que registrava trechos com este tipo de vigilância e, com isso, conseguiu mapear as câmeras. A ideia é usar este material para futuramente traçar rotas "invisíveis", onde as pessoas podem caminhar livremente, sem ser observadas por esses equipamentos.

 

ASSISTA AO VÍDEO:

play

Vai lá: pontoscegos.xyz

matérias relacionadas