por Redação

Em tempos de recessão, dá pra cantar sobre Lamborghini e cordões de ouro?

Em tempos de crise econômica, músicas que celebram um estilo de vida de luxo e gastança perderam espaço na frequência popular. No lugar delas, o fluxo do “baile de favela” e o sertanejo importado do centro do país. Para entender melhor a queda do ritmo que dominou a trilha sonora do jovem brasileiro por quase uma década chamamos os pesquisadores Renato Barreiros e Renato Meirelles para bater um papo com o Trip TV

play

matérias relacionadas