por Alexandre Potascheff

O vocalista do grupo O Rappa fala sobre o 7 Vezes, mais recente álbum da banda

O embrião da banda foi formado, às pressas, em 1993, para acompanhar aqui no Brasil o cantor jamaicano Papa Winnie. A sintonia entre os membros dessa "banda de apoio" foi tão grande que eles resolveram tocar o projeto pra frente. Só precisavam de um vocalista, o que foi resolvido com um anúncio no jornal carioca O Globo. De 1994 pra cá foram sete discos. Misturando letras complexas e de forte impacto social e político com ritmos que vão do reggae ao rock, passando por samba, rap e funk, eles se estabeleceram como uma das mais importantes, criativas e premiadas bandas nacionais dos últimos anos. Estamos falando do Rappa e quem está com a gente hoje é o Marcelo Falcão, vocalista da banda que veio contar sobre a trajetória do grupo, sobre dois momentos bastante difíceis por quais O Rappa passou, sobre o mais recente álbum da banda, o 7 Vezes, e sobre a música extra que a banda está lançando exclusivamente pela internet.