por Alexandre Potascheff

O skatista fala da assustadora megarrampa que tem em casa e da política norte-americana

Ele nasceu no Rio de Janeiro, mas foi criado em São Paulo. Filho de uma brasileira e de um norte-americano, começou a andar de skate aos 11 anos e aos 13 já participava de competições, onde chamava a atenção pela facilidade para a prática do esporte e pela ousadia. Em 1995, com apenas 18 anos, decidiu mudar para a Califórnia e, já no primeiro ano em terras estrangeiras, maravilhou os espectadores e levou seu primeiro título no Canada's Slam City Jam, em Vancouver. Depois dessa primeira conquista, sua carreira deslanchou e ele não parou mais de colecionar troféus. Já foi campeão mundial de skate vertical, levou o ouro nos X-Games, a olimpíada dos esportes radicais, e já foi considerado algumas vezes o melhor do mundo e o "rei do vertical". Além disso, é casado com a também skatista Jennifer o'Brian, tem uma filha, a Lotus, e tem a maior pista de vertical do mundo no quintal de sua casa. Estamos falando de Robert Dean Silva Burnquist, mais conhecido como a lenda do skate Bob Burnquist, que ganhou, no primeiro fim de semana de novembro, a etapa brasileira do Circuito Mundial de Skate Vertical, a Crail World Cup, e vem hoje aqui no Trip falar de skate, do culto às celebridades, de política e muito mais...

matérias relacionadas