por Lia Bock

Meu tênis deu match na sua jaqueta <3 bora trocar?

Misture o bazar de troca de roupas entre as amigas com o Tinder e coloque uma pitada de Enjoei. O resultado será tão divino quanto qualquer um dos três, se não melhor. Deem boas vindas ao Roupa Livre, um aplicativo de troca que treina o desapego com as peças, incentiva práticas sustentáveis e ainda nos desopila dos feeds de sempre.

O app, disponível para iOS e Android, entrou no ar dia 2 março e ainda está passando por alguns ajustes. Mas as trocas estão rolando soltas. De cada 4 usuários 1 já deu match. A lógica é a mesma dos aplicativos de paquera: quanto mais likes, mais matches. A responsabilidade por se encontrar e trocar também segue a lógica do Tinder, são de responsabilidades do usuário. É por isso que boas fotos e o máximo de informações devem ser colocadas na inscrição de cada peça – e isso a gente já aprendeu no Enjoei, não é mesmo? Foto feia e informações incompletas desmerecem seus produtos.

LEIA TAMBÉM: Roupa de brechó não precisa cheirar naftalina

E daí vocês perguntam: de quem foi essa ideia maravilhosa? E essa é a melhor parte: o app foi criado pelo projeto que leva seu nome e há 3 anos vem bolando iniciativas para um consumo consciente de roupas. “Surgiu de uma vontade de estender o ciclo de vida das roupas”, conta Mariana Pellicciari, co-fundadora do projeto, que começou com eventos de troca e foi expandindo. “Hoje temos também oficina com a Gabriela Mazepa, do Re-roupa, que ensina a transformar o que não usamos em uma peça nova maravilhosa; aulas de costura com a Elisa Dantas, do A costureirinha; curso sobre o futuro da roupa e muito conteúdo online pra quem quer pensar sobre este assunto tão urgente. Estamos nos afogando em roupa, precisamos rever nossa forma de consumi-las”, completa.

A ideia do aplicativo é morder as pessoas com o bichinho da troca, estimular essa prática. Ele foi viabilizado com financiamento coletivo e agora a turma que o colocou no ar está as voltas com a melhor maneira de sustentá-lo. Ah, sim, como vivem sob a lógica do compartilhamento o código do app é livre. Isso significa que se alguém quiser montar algo na base do escambo, não precisa penar criando os códigos, tá tudo lá para encurtar o caminho. Vida longa ao Roupa Livre, aos matches e troca-trocas no geral!

Vai lá: roupalivre.com.br

Créditos

Foto principal: Divulgação

matérias relacionadas