por Luara Calvi Anic
Tpm #83

Uma mãe apresenta o pai ao filho em um blog que virou livro

Uma mãe perde o marido dois meses antes de parir o filho. Ela apresenta o pai para o menino através de cartas soltas - e viscerais - num blog que virou livro

Um pai que ainda não conhece a cria morre dois meses antes de a mulher parir seu primeiro filho. Seis meses depois, sua mulher, a redatora publicitária Cris Guerra, escreve uma carta para o filho, Francisco, descrevendo as manias e belezas do pai, Guilherme Fraga: “Para aliviar a dor, e eternizar o pai. Eu conto tudo isso pra você, meu filho, porque preciso contar pra mim mesma. [...] E eu não quero esquecer seu pai, Francisco, porque quero que você o conheça bem”, escreve.

Nasce, então, o blog Para Francisco, onde a mineira publica as cartas que não parou mais de escrever. E, o que seria um espaço para compartilhar a dor da perda com os amigos, virou não só um blog com mais de 2 mil visitas diárias, como um livro homônimo. “O livro eterniza os textos. É como se eu fechasse um ciclo e pudesse caminhar para a frente, olhar para o outro lado”, reflete. Além de se deliciar com textos bem escritos, prepare-se para se debulhar em lágrimas e ficar com raiva – porque dá vontade de parar de ler, mas a leitura prende os olhos até a última linha.

Vai lá: Para Francisco (ARX editora, R$ 29,90, em média)

matérias relacionadas