por Bianka Vieira
Tpm #171

Papel de parede não é tudo igual. Conheça a branco., que aposta na força dos ilustradores

Esqueça as formas geométricas e a simetria dos papéis de parede tradicionais. A branco. colocou arte onde havia monotonia. Trouxe artistas com os mais diversos traços e origens para ilustrar seus papéis. A coleção é diversa e original.

VEJA TAMBÉM: As ilustrações de Rimon Guimarães

Os desenhos que ilustram as páginas finais da edição #171 da Tpm são compostos dos painéis de parede criados pelo casal Carol Nóbrega e Antonio Jotta, do FLO Atelier Botânico.

“Os desenhos refletem um pouco do romance que eles têm com plantas”, conta Matheus Rahme, da branco. Nascida há um ano, a empresa também se difere por trabalhar com rolos e painéis sem a repetição de imagens, formando desenhos inteiros. “É como ter um pedaço de arte na sua parede”, diz Matheus.

Vai lá: brancopapeldeparede.com.br

matérias relacionadas