por Nina Lemos
Tpm #126

Ganham fama de malcomidas, recalcadas, feias, gordas e até são acusadas de ser bonitas!

 Hoje, as mulheres têm o direito até de virar chefe ou presidenta do país. Mas, por isso, ganham fama de malcomidas, recalcadas, feias, gordas e, em alguns casos, são acusadas até de... ser bonitas!

Malcomida
A pessoa pode namorar ou pegar os homens mais gostosos do mundo. Mas é só ela virar chefe que imediatamente ganha fama de malcomida. E, quanto mais dinheiro ganha ou mais sucesso faz, mais malcomida vai ficando. Nunca ouvimos dizer que um homem é malcomido em toda a nossa vida!

Baranga
Quantas vezes a presidenta Dilma já foi chamada de feia? Milhares. Quantas vezes o ex-presidente Lula foi chamado de feio? Nenhuma. Nem o Sarney é chamado de feio. Mas, se a mulher é poderosa e não é a Angelina Jolie, pronto, ela, além de malcomida, é feia, baranga. Coitada.

Gorda
Bem, a pessoa pode até vestir 46. Mas gostaríamos muito de saber desde quando isso tem a ver com a capacidade profissional de alguém. Mas podem ver. Se uma mulher meio gordinha vira chefe, ela, além de malcomida e baranga, é gorda. De novo, o mesmo não acontece com os homens.

Recalcada
Este é o xingamento da moda. Uma espécie de iPhone 5 das ofensas. Qualquer pessoa mal-humorada ou que falou mal de algo falou por... recalque! Só que ninguém sabe lhufas sobre o significado dessa palavra, importantíssima na teoria do doutor Sigmund Freud, que criou a teoria do recalque. Não vamos explicar tudo aqui. Mas não tem nada, nada, a ver com inveja. Ou infelicidade, como as pessoas usam. Segundo o dicionário, recalcar: excluir de admissão consciente uma recordação, uma tendência etc. Repisar, reprimir, comprimir, concentrar: recalcar pesares. Mas, claro, a mulher que ganha poder vira: feia, malcomida, gorda e RECALCADA.

Bonita
Se a mulher poderosa for uma deusa inquestionável da beleza, pronto. Ela só conseguiu chegar aonde chegou porque é bonita demais. Ela deixa de ser feia, gorda e malcomida e vira imediatamente uma PIRANHA que deu para alguém para chegar aonde chegou. Simples assim.

matérias relacionadas