por Nina Lemos
Tpm #114

A indústria de brinquedos não mudou. Meninas ainda ganham bonecas e os meninos, carrinhos

O que a sua filha, afilhada ou sobrinha vai ser quando crescer? Provavelmente, uma garota tipo você, que trabalha muito, é independente, troca o pneu do carro se precisar e em dias de trabalho acumulado se alimenta de congelados. O que a indústria de brinquedos oferece para essa menina moderna: tábuas de passar roupas, liquidificadores, batedeiras, cozinhas e panelas. A maioria cor-de-rosa.

Carrinhos, caixas de mecânico, kits de pequeno construtor e outros brinquedos de empreendedores ainda são para meninos. E, claro, não existe cozinha para eles! Escuta, gente, vamos mudar isso aí já!

“Minha filha de 3 anos ganhou uma cozinha e meu filho de 8 meses adorou. Fui ver na loja o correspondente para ele do mesmo tamanho, da mesma marca, e era uma caixa de ferramentas”, reclama a jornalista da Trip Editora Renata Leão, mãe de Alice e Gabriel.

"As meninas ganham panela, máquina de lavar louças e tábua de passar. E os meninos, kits de construir coisas”, reclama a mãe. Apoiada. Apoiadíssima!

Procuramos na loja de um grande magazine on-line um carro para meninas. Só existe o rosa da Barbie. Espera. As meninas não podem brincar de carrinho? Os meninos não podem brincar de cozinhar? Não ia ser legal se o seu filho homem aprendesse a pegar gosto pelas panelas desde criança?

Muitas mães pensam assim, sim. Mas a indústria de brinquedos ainda não se modernizou. Prova: existe na tal grande loja a seção “meninas”. Sim, elas continuam sendo o “resto do mundo”. E, na parte delas, só existem coisas como tábuas de passar. A solução? “Como tenho um menino e uma menina, eles brincam com o brinquedo um do outro, mas acho que as meninas devem, por exemplo, ganhar carrinhos”, diz Renata.

Presidenta
Sim. Propomos aqui uma pequena revolução. Dê uma tábua de passar para seu filho homem (ou você espera que, no futuro, ele não passe suas próprias camisas?) e um avião para sua filha (vai que ela vira piloto!). Também seria legal se lançassem uma boneca da Dilma para que as meninas pudessem brincar de... PRESIDENTA! E iPads de brinquedo. Muito mais legais que, humm, ferros de passar!

matérias relacionadas