por Bruna Bittencourt

Mulheres com mais de 60 anos, que se vestem com personalidade e que não abriram mão de sua vaidade com o passar do tempo

Ari Seth Cohen estava andando em Roma quando uma "mulher deslumbrante", lembra, passou de bicicleta por ele vestindo um casaco de estampa de leopardo. Ele correu 1 km até alcançá-la para perguntar se poderia tirar uma foto sua. "Ela me disse que tinha 80 anos e que ninguém nunca pede um retrato seu", contou, na legenda da imagem, em seu Advanced Style.

O blog deu novos ares ao street style ao abrir espaço para mulheres com mais de 60 anos, que se vestem com personalidade e que não abriram mão de sua vaidade com o passar do tempo. Os retratos chamaram a atenção da The New Yorker à Vogue, enquanto Cohen clicou idosos para campanhas e editoriais de moda. "Muitas das senhoras que descobri assinaram contratos com agências", diz o americano, que ainda não chegou aos 40 anos, à Tpm.

LEIA TAMBÉM: A moda e o novo velho

Em 2015, a diretora de moda do The New York Times, Vanessa Friedman, apontou o fotógrafo como um dos responsáveis pelo recente movimento no qual a moda abraçou mulheres mais velhas. Naquele mesmo ano, a escritora Joan Didion posou para campanha da Céline aos 80 anos, a cantora Joni Mitchell para a Saint Laurent aos 71 e Iris Apfel para a Kate Spade aos 93  -- a decoradora ainda foi perfilada por Albert Maysles, que dirigiu Gimme Shelter (1970) e Grey Gardens (1975), no ótimo documentário Iris (2014). 

Advanced Style nasceu quando Ari trocou Los Angeles por Nova York, em 2008, após a morte de sua avó, Bluna, que frequentou a Universidade Columbia, na década de 30, e sempre incentivou o neto a se mudar para a cidade. "Ela era minha melhor amiga. Sempre tive afinidade com pessoas mais velhas. Quando cheguei à cidade, estava tomado pelo luto. Comecei a notar homens e mulheres mais velhos, elegantes, interessantes, cheio de vida, o que me fez questionar por que a sociedade tende a ignorá-los." O fotógrafo pegou uma câmera emprestada e foi para a rua entrevistá-los e clicá-los, dando origem ao AS.

O blog virou livro homônimo em 2012, que vendeu mais de cem mil cópias, e no ano passado ganhou um sucessor, Advanced Style: Older and Wise, que incorporou retratos masculinos e traz pequenos perfis das senhoras fotografadas, em cidades como Londres, Tóquio e Roma. Em 2014, o endereço chegou aos cinemas em um documentário, disponível na Netflix, que perfila sete mulheres, de uma ex-dançarina octagenária do Apollo Theater a uma professora de artes nonagenária, que conta só ter encontrado sua verdadeira essência há 12 anos.

Depois de quase uma década fotografando e entrevistando pessoas mais velhas, Ari defende que envelhecer tem muito a ver com estado espírito. "Nossos corpos mudam, mas temos que permanecer ativos e vitais, manter paixões, projetos e um senso de comunidade." Ele provou com seus retratos que estilo e autoconfiança não têm idade.

Créditos

Foto principal: Ari Seth Cohen

matérias relacionadas