por Nina Lemos
Tpm #119

Como assim você não conhece o blog Shame on You, Blogueira? Pare tudo e vá lá ver

Como assim você não conhece o Shame on You, Blogueira? Então pare tudo o que estiver fazendo e vá lá. Trata-se de uma pessoa (não sabemos quem é) que criou um site “investigativo” sobre as blogueiras de moda (essa febre que anda arrasando o mundo) e descobriu, entre outras coisas, que tem gente “roubando” look do dia de site gringo!

Há tempos a gente vem alertando que os blogs de moda e esmalte estão se alastrando de forma doentia. E que ninguém aguenta mais ver fotos de looks do dia e combinações de esmalte. Pois bem, descobrimos alguém mais radical (e mais legal ainda) que a gente. Trata-se do Shame on You, Blogueira, um blog que vive de zoar “as rycas que têm blog de moda e fazem mal para a sociedade”, segundo palavras da própria (ou próprio).

Os insatisfeitos com o excesso de blogs são tantos que o Shame em si virou um blog de sucesso, com mais de 8 milhões de acessos! O que ela (ou ele) faz? Mostra unhas do dia (ridículas de propósito), a loka do dia (com looks feios, roubados de blog) e o analfa do dia (que denuncia erros de português das blogueiras)! Mas o que mais dá bafo mesmo são as denúncias feitas pelo blog. Ela (ou ele) descobriu, por exemplo, que certa blogueira de moda roubava fotos de uma italiana e publicava como se fossem looks de uma amiga sua!!!!!! Chamam o caso de print gate. A seguir, uma conversa por e-mail com esse maravilhoso fake (que não é a Nina Lemos, ao contrário do que muitos pensam).

Tpm. Você surgiu para denunciar o universo das blogueiras?
Também. Não aguentava mais ver blogueiras enganando as leitoras das mais variadas formas possíveis. Ficava muito triste em saber que milhares de meninas acreditavam nelas, que elas realmente usavam os produtos recomendados no blog, que os “looks do dia” eram como elas saíam de casa. Alguém tinha que fazer alguma coisa, a praga já estava se alastrando muito!

O que te dá mais vergonha no mundo delas? Elas serem fashion victims. Não terem identidade própria, não terem estilo, serem vítimas da moda e de outras blogueiras. Parecem um bando de clonezinhos, todos iguais: mesmo cabelo, mesmo sapato, mesmo relógio, mesma bolsa, mesma calça “flare” arrastando no chão, mesmo assunto, mesma falta de conteúdo.

Quais são as denúncias mais bombásticas que você já fez? A que teve a maior repercussão até hoje foi a da blogueira que inventava um mundo de luxo, riqueza e festas para postar no blog. Descobri que as festas não existiram, que as leitoras que comentavam no blog não existiam, nem as fotos dos pratos dos restaurantes que ela dizia que frequentava eram reais. Aliás, eu só acredito que ela exista porque há pessoas que a conhecem.

Que tipo de blogueira você considera mais irritante? As “rycas” que acordam maquiadas, penteadas, de salto 15, lindas e perfumadas. Acho que essas nem fazem cocô, elas vivem no “Fantástico Mundo de Bobes”, onde tudo é cor-de-rosa, os postes das ruas borrifam Chanel nº 5, a temperatura está sempre regulada de acordo com a vontade do que elas querem se vestir no dia, não existe água (só champanhe) e a alimentação delas se restringe a cupcakes e macarons (da Ladurée, de preferência).

O que mais faz mal para o mundo: blog de esmalte ou look do dia? Nossa... os de look do dia são os piores, os mais agressivos, os mais insanos. Deviam ser proibidos, interditados, extintos para sempre. Tenho muita vergonha alheia de quem faz esse tipo de coisa.

Vai láShame on you, Blogueira

matérias relacionadas