Revista Trip

tamanho da letra
aumentar fonte
diminuir fonte

Rolê da meia noite

Carvers e skatistas dominam ruas da região do Ceasa na calada da noite paulistana
05.11.2012 | Texto: Luiz Filipe Tavares | Fotos: >Edu Silvestre
A cada nova quinta feira, um grupo de skatistas e street carvers paulistas dominam com seus carrinhos a divisa entre São Paulo e Osasco. Com cada dia mais integrantes, é assim o Rolê da Meia Noite, uma nova instituição dos esportes radicais na capital paulista. A sessão acontece semanalmente na Avenida 2 do Parque Continental, próxima ao Shopping Continental, e se estica até às 2h, fazendo a alegria dos skatistas insones.

A ideia começou por acaso há cerca de dois meses com Charles Roberto "Negão" e Glauco Domingos "Zóio", que em todas as quintas e segundas saem de casa de madrugada em direção ao Ceasa. Glauco é dono de um comércio de flores, e viu nessas viagens ao centro de distribuição agrícola da capital a chance de explorar um lado novo da cidade.

"Depois que faço minha compra já é madrugada e decidimos neste dia fazer um drop na ladeira, que já conhecíamos. Quando chegamos lá estava ela, vazia, nenhum carro estacionado. Era só nossa", explicou Zóio em comunicado. "Aí eu disse ao Negão que podíamos andar toda vez que voltássemos do Ceasa, uma forma de praticar um esporte, já que não dá para estar na praia da forma como queríamos e nem de dia se aventurando nas ladeiras."

De lá pra cá, a brincadeira cresceu bastante e passou a atrair skatistas dos mais diversos bairros de SP e Osasco. "Já veio gente da Zona Norte e de Jandira. O lugar está reunindo a galera das antigas do skate como Sérgio Passarello, Nei Neco, Marcisio Moura, Beto Shapes entre outros. Os trintões, quarentões, que se amarraram na nova modalidade que é o carveboard, que é o meu caso, que ando desde 2006, também estão curtindo", comemora Charles. "Vem gente que nunca andou e está se aventurando, mulheres querendo aprender, as Carvegirls. A coisa tá legal, espero que as pessoas entendam que é diversão e mantenham o respeito."

"É também um momento de descontração, de fazer novas amizades. Estamos tendo o maior respeito com a vizinhança, com o lance de barulhos", complementa.

Na galeria você as fotos de Edu Silvestre registrando um dos dias de Rolê da Meia Noite.