Revista Trip

tamanho da letra
aumentar fonte
diminuir fonte

Coletivo Imarginal

Dupla de jovens artistas recifenses cria universo fantástico a quatro mãos
14.06.2012 | Texto: Felipe Pedroso
Surreal e megalomaníaco, esses são alguns dos adjetivos ideais para descrever o trabalho do Coletivo Imarginal de Recife, criado pelos jovens talentos Fernando Moraes e Raone Ferreira.

A dupla se conheceu na faculdade e logo notou uma semelhança entre seus trabalhos. Daí surgiu a ideia de criar o coletivo, que funciona de forma colaborativa, dialogando seus estilos na preferência pelo preto e branco, o pontilhismo, monstros e criaturas. Ilustram em conjunto e o desenho é feito simultaneamente pelos dois, um interfere na linha do outro e a partir disso surgem os resultados, carregados de personalidade.

As influências são as mais variadas possíveis, desde a inspiração de nomes como Geof Darrow e Rael Lyra, até a música que estão ouvindo no momento, filmes ou mesmo os fatos do cotidiano. Tudo isso ajuda os meninos no processo de criação dos grandes painéis que ilustram.

Atualmente estão no Espaço Santa Rosa, no Recife, até o final de julho com a exposição "Animal vs Deus". O nome foi tirado de uma frase de Aristoteles que diz que, para viver isolado, ou se é um animal ou um Deus.

Arte feita a quatro mãos e por duas mentes criativas que através de desenhos em nanquim criam uma narrativa surreal, lírica e surpreendente e transporta quem a vê para um universo sombrio, repleto de seres fantásticos, que tem muito a nos dizer.

Vai lá: www.facebook.com/pages/Imarginal/219686768073530

(*) Felipe Pedroso é historiador, escritor e mantém o blog de arte e cultura BLCKDMNDS